Salgado

Antes, quando as luzes ainda estavam apagadas, fui eu que levei E. pela mão. Depois, quando as luzes não iluminavam mais ninguém, foi E. que me levou pela mão.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Diarios de M.

Uma resposta para “Salgado

  1. Quantas coisas fazemos e já fizemos. Tanto E. quanto eu, para nos fazermos presentes, para fazermos sentir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s