Inocência

Num instante, pego na mira, um tiro me levou ao chão. Mas com todos meus poderes levantei – pois tiro de vento é sopro na vela da imaginação – e sem que esperasse já estava no revide, procurando por E. atrás do parquinho.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Diarios de M.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s